Ingressos para o museou louvre, como conseguir? quando ir?

Com mais de 500.000 obras preservadas e 35.000 em exposição, o Museu do Louvre representa de maneira gloriosa a influência cultural da França. Este local rico em história atrai anualmente milhões de visitantes que vêm contemplar as mais prestigiadas obras-primas da história da arte. Claro, a Mona Lisa ou Gioconda é uma atração notável, mas também destacam-se outras peças como A Liberdade Guiando o Povo, a Vênus de Milo e a Vitória de Samotrácia.

Para atender a diversos gostos, as coleções do museu abrangem todas as correntes da história da arte, desde a Antiguidade até o século XIX. As obras de artistas renomados como Leonardo da Vinci, Delacroix e Rembrandt estão à disposição dos visitantes!

Ingressos para o museou louvre

Voce pode comprar os Ingressos para o museou louvre aqui!

Horários

– Na Segunda, Quarta, Quinta, Sábado e Domingo: 9:00, 9:30, 10:00, 10:30, 11:00, 11:30, 12:00, 12:30, 13:00, 13:30, 14:00, 14:30, 15:00, 15:30, 16:00
– No Sexta: 9:00, 9:30, 10:00, 10:30, 11:00, 11:30, 12:00, 12:30, 13:00, 13:30, 14:00, 14:30, 15:00, 15:30, 16:00, 16:30, 17:00, 17:30, 18:00, 18:30, 19:00, 19:30, 20:00, 20:30

Instruções para Utilização do Seu Bilhete:

  1. Dirija-se à entrada designada para visitantes com bilhetes da Grande Pirâmide.
  2. Apresente o seu e-ticket até 30 minutos após o horário reservado*.
  3. Prossiga pelo controle de segurança.
  4. Desfrute da coleção permanente do museu, assim como das exposições temporárias (sujeitas à disponibilidade) ao longo do dia.**

*Em caso de atraso além deste período, o portador do bilhete estará sujeito às mesmas condições de acesso que outros visitantes. **Qualquer saída do museu é considerada definitiva. Se sair, não poderá reentrar com o mesmo bilhete.

Informações Importantes sobre os Ingressos para o museou louvre:

  • Os bilhetes serão enviados para você até 48 horas após a reserva, e no máximo 24 horas antes do dia e horário reservados.
  • Não é necessário imprimir os bilhetes, pois possuem código de barras! Apresente-os diretamente nos torniquetes/catracas e faça o “scanning” com o seu e-ticket no smartphone. Se preferir imprimi-los, também é possível.
  • O bilhete proporciona acesso, no mesmo dia, às coleções e exposições temporárias do Museu Nacional Eugène Delacroix (6 rue de Fürstenberg, 75006 Paris).
  • Para garantir o maior conforto e a melhor experiência, nem todas as salas do Museu do Louvre estão abertas todos os dias. No entanto, a abertura de 100% das salas é assegurada aos sábados e domingos.
  • Gratuidade para menores de 18 anos e residentes da União Europeia até os 26 anos.*
  • Visitantes beneficiando de entrada grátis não precisam ir ao “guichê” se estiverem acompanhados por alguém com bilhete corta-fila. Podem também entrar pelo acesso reservado mediante apresentação de um documento de identidade.

Bilhetes Combinados: Como Funcionam? Bilhetes combinados permitem a reserva de duas, três ou quatro atividades em um único clique, proporcionando uma economia significativa! Escolha o dia e horário da sua visita ao Museu do Louvre e receba bilhetes para outras atividades, sem data, para usar no dia e hora da sua preferência.

Combinações com o Museu do Louvre:

  • Bateaux-Mouches: Duração do cruzeiro de aproximadamente 1h15. Embarque na Ponte d’ Alma, com frequência a cada 30 a 40 minutos das 11h às 21h de outubro a março, e das 10h15 às 22h30 de abril a setembro. Gratuito para menores de 4 anos.
  • Centro Pompidou: Aberto todos os dias (exceto às terças-feiras) das 11h às 21h. Gratuidade para menores de 18 anos, pessoas com mobilidade reduzida e acompanhantes, desempregados; gratuito também no primeiro domingo de cada mês.
  • Arco do Triunfo: Aberto diariamente, das 11h às 23h de abril a setembro, e das 10h às 22h30 de outubro a março. Gratuito para menores de 18 anos e menores de 25 anos (nacionais da União Europeia), pessoas com mobilidade reduzida e acompanhantes, desempregados; gratuito também no primeiro domingo de cada mês, de 31 de novembro a 31 de março.

O Museu do Louvre em resumo:

O Museu do Louvre destaca-se como um dos principais pontos de interesse em Paris. Para evitar as longas filas e explorar suas ricas coleções, a reserva de um bilhete corta-fila é a opção mais eficaz. Esse bilhete concede acesso à exposição permanente do Louvre, bem como às exposições temporárias, proporcionando uma experiência sem contratempos. Ao reservar, é possível concluir o processo com apenas alguns cliques, recebendo a confirmação imediatamente por e-mail. No dia da visita, após atravessar a magnífica pirâmide de vidro, basta apresentar o bilhete, seja em formato digital ou em papel, para dar início à sua jornada. Com mais de 72.000 metros quadrados de área de exposição, o Louvre é atualmente o maior museu do mundo, impossibilitando a visita completa em um único dia. Caso dedicasse um minuto a cada obra, seriam necessários cerca de 200 anos para explorar tudo. Recomenda-se, portanto, planejar a visita com antecedência e escolher as áreas de interesse. O museu oferece uma visão abrangente da história da arte através de seus oito departamentos: Pinturas, Antiguidades Egípcias, Antiguidades Greco-Romanas, Antiguidades Orientais, Esculturas, Objetos de Arte, Arte Islâmica e Artes Gráficas, permitindo que cada visitante faça escolhas personalizadas.

O Top 10 das Obras Imperdíveis do Museu do Louvre

  1. Vitória de Samotrácia, cerca de 190 a.C., Antiguidades Gregas, Etruscas e Romanas
  2. Afrodite, ou Vênus de Milo, cerca de 100 a.C., Antiguidades Gregas, Etruscas e Romanas
  3. Retrato de Lisa Gherardini, esposa de Francesco del Giocondo, a famosa “Mona Lisa” ou “Gioconda”, de Leonardo da Vinci, Ala Denon, 1º piso, Pintura Italiana
  4. Touro androcéfalo alado, Khorsabad, Ala Richelieu, piso térreo, Antiguidades Orientais
  5. As Bodas de Canã, Paolo Veronese, 1563, Pintura Italiana
  6. A Coroação do Imperador Napoleão e da Imperatriz Josefina na Catedral Notre-Dame de Paris, em 2 de dezembro de 1804, Jacques-Louis David, 1806-1807, Pintura Francesa
  7. A Jangada da Medusa, Théodore Géricault, Salão de 1819, Pintura Francesa
  8. A Liberdade Guiando o Povo (28 de julho de 1830), Eugène Delacroix, Salão de 1831, Pintura Francesa
  9. Estátua de Aïn Ghazal, Ala Sully, piso térreo, Levante – Palestina e Transjordânia, das origens à Idade do Ferro
  10. Grande Esfinge de Tanis, Ala Sully, Sobreloja (“Entresol”), Cripta Egípcia, Antiguidades Egípcias

Os Espaços do Louvre

Todas as salas do Louvre são numeradas e dividem-se entre as três alas do palácio: Denon, Sully e Richelieu, cada uma com zonas distintas. As áreas incluem uma variedade de exposições, abrangendo desde arte islâmica até antiguidades egípcias, proporcionando uma experiência diversificada aos visitantes.

 

Rolar para cima