Como se legalizar na França? 5 passos importantes para a legalização na França

0
(0)

A França é um dos destinos mais procurados por turistas e imigrantes em busca de melhores oportunidades. No entanto, muitos que chegam ao país como turistas acabam permanecendo além do prazo permitido, tornando-se imigrantes ilegais.

Regularizar essa situação pode parecer um desafio, mas é possível com a orientação correta e seguindo determinados passos. Neste artigo, vamos explorar as etapas essenciais para a legalização na França, baseando-se em orientações de especialistas em imigração.

O que fazer em paris em 2024, Roteiros completos sobre o que fazer na Cidade Luz!

Se você veio para a França como turista e acabou ficando ilegalmente, quero mostrar alguns caminhos para regularizar seu processo de imigração. O que vou compartilhar com vocês hoje não é algo que tirei da minha cabeça, mas sim informações de um profissional, um advogado de imigração.

Quero deixar claro que não incentivo a imigração ilegal de maneira alguma. As informações que vou passar são gerais e podem ajudar você a entender melhor suas opções.

Como se legalizar na França? 5 passos importantes para a legalização na França

Passo 1: A primeira coisa que você vai precisar fazer é guardar uma cópia do seu passaporte, especialmente com o carimbo de entrada na França. É crucial manter seu passaporte seguro, mas caso você o perca e precise fazer outro, é importante ter a comprovação da sua entrada no país. Portanto, sempre guarde uma cópia do passaporte com o carimbo de entrada.

Passo 2: A segunda coisa que você vai precisar fazer é abrir uma conta em um banco francês.

Passo 3: A terceira coisa é sobre o dinheiro que você recebe em espécie. Não importa se você trabalha de forma informal (no “Black”) ou de outra maneira, é crucial pegar esse dinheiro e depositá-lo na sua conta bancária para criar um registro financeiro. Esse vínculo é importante.

Passo 4: A quarta coisa que você deve fazer, algo que todo governo valoriza, é pagar impostos. O governo quer pessoas que contribuem com impostos, pois isso beneficia a economia do país. Portanto, é essencial que você faça sua declaração de imposto de renda e pague os impostos devidos.

Seguindo essas etapas, você estará mais alinhado com as exigências do governo francês e terá mais chances de regularizar sua situação.

Passo 5: A quinta coisa que você vai precisar fazer é se inscrever em uma escola de francês, uma escola física, para fazer um curso presencial. Eu mesmo fiz um curso de francês aqui, numa escola presencial, quando cheguei e não falava nada de francês. Fiz o curso A1, para iniciantes, e as aulas eram 100% em francês com uma professora francesa. Não há tradução para o português, é como aprender a língua como uma criança, imergindo completamente.

Não vou dizer que o curso foi maravilhoso ou que me ajudou muito, porque não foi assim. Utilizei outras estratégias para aprender o idioma. Se eu dependesse só do curso, ainda não estaria falando quase nada. No entanto, para sua legalização, fazer um curso de francês é uma das etapas necessárias, conforme orientado por advogados de imigração.

Além da questão da declaração de imposto, outro ponto muito importante é fazer trabalhos voluntários. Por exemplo, doar sangue ou fazer voluntariado na Cruz Vermelha são ações que podem ser muito úteis. Existem várias outras oportunidades de voluntariado, mas é crucial que você guarde comprovantes dessas atividades. Isso facilitará o processo de legalização posteriormente.

Portanto, resumi aqui 5 passos importantes que você pode seguir para organizar sua vida na França e, depois de reunir todas essas informações e documentos, procurar um advogado de imigração especializado para ajudar na sua solicitação. Não vou mentir e dizer que é fácil se legalizar na França quando se está em situação ilegal, porque não é. Quem disser isso está enganando. É importante deixar claro que meu objetivo aqui é trazer clareza e ajudar vocês a entenderem melhor o processo.

Conclusão

Legalizar-se na França requer paciência, organização e compromisso. Seguindo os passos mencionados, você pode construir um histórico positivo que facilitará sua regularização. Após reunir toda a documentação e comprovações necessárias, procure um advogado de imigração especializado para orientá-lo no processo formal. Embora a legalização não seja um caminho fácil, é viável com dedicação e seguindo as orientações corretas. Este artigo visa proporcionar clareza e auxiliar aqueles que buscam uma vida legal e integrada na França.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima