PUBLICIDADE

0
(0)

Sentindo aquela sensação de que está esquecendo algo? Confira esta lista do que fazer uma semana antes de uma viagem internacional e viaje com tranquilidade!

Confesso… sou do tipo que pensa “tenho experiência, não preciso de uma lista” quando se trata de viagens. E aí, o que acontece? Chego no avião e começo a pensar “será que desliguei as luzes? Fiz o aviso viagem do cartão? Precisava de algum documento?”.

Todas as vezes. Mas isso não precisa acontecer com você.

Depois de dar todas as dicas de como se preparar para uma viagem internacional, resolvi criar uma lista com tudo o que você precisa fazer antes de viajar, para não entrar no avião pensando “puts, esqueci tal coisa!”.

Tenho certeza que essa lista será útil tanto para viajantes iniciantes quanto para aqueles que já têm um pouco mais de prática, mas ainda são um pouco mais esquecidos (tipo eu, não nego, rs).

8 Coisas para fazer uma semana antes de uma viagem internacional

O QUE fazer uma semana antes de uma viagem internacional

1. Contratar o Seguro Viagem

Imagine que você está no meio da sua viagem, no destino dos seus sonhos… e de repente você tropeça e torce o tornozelo. Ou fica doente no segundo dia por causa da mudança de temperatura. Ou chega com tranquilidade no aeroporto, mas suas malas não.

Com um seguro viagem, você pode resolver todas essas situações de forma rápida, econômica e eficiente. Esse serviço oferece cobertura para emergências médicas e também auxilia em casos como extravio de bagagem, atraso ou cancelamento de voos.

PUBLICIDADE

Como funciona? No meu segundo dia em Paris, por exemplo, tive uma forte amigdalite por causa do ar condicionado do avião e mal conseguia sair da cama. Acionei o meu seguro e, em questão de minutos, um médico veio até o meu quarto de hotel para me examinar e prescrever os antibióticos necessários, sem que eu precisasse pagar nada a mais por isso.

Esse episódio me mostrou o quão essencial é ter um seguro viagem em qualquer aventura. Não é à toa que é o primeiro item da minha lista de preparativos. Se você tem receio de adoecer durante a viagem e estragar suas férias, contrate um seguro e tenha acesso a assistência médica para se recuperar rapidamente e continuar aproveitando o seu passeio.

É importante lembrar que em países como os Estados Unidos, onde uma simples visita ao hospital pode custar milhares de dólares, o seguro não só facilita a resolução do problema como também evita despesas exorbitantes. Ter um seguro viagem é a maneira mais segura de garantir atendimento médico em outros países sem se preocupar com altas contas médicas posteriormente.

Com a Seguros Promo, você consegue comparar o preço dos melhores seguros do mercado, e escolher aquele que vai te deixar viajar com tranquilidade e aproveitar ao máximo suas férias. E a melhor parte? Todos os seguros oferecidos pela empresa funcionam no esquema de pagar o atendimento médico por você, nada de você precisar pagar milhares de dólares antes e precisar depois torcer por um reembolso.

Lembrando que o seguro viagem é obrigatório para entrar em países da União Europeia, como Portugal, Espanha, França, Alemanha, etc.


2. Confirmar as exigências de vacinas, testes e formulários

Alguns países sempre exigiram vacinas de seus visitantes, especialmente aqueles provenientes de regiões com risco de determinadas doenças, como os brasileiros e a Febre Amarela. Com o fim da pandemia de 2020 se aproximando, muitos países agora também estão requerendo a vacinação contra a COVID-19, com a necessidade de um certificado internacional que detalhe datas, doses e fabricantes.

É crucial verificar se você possui todos os certificados necessários em mãos ou se ainda precisa emitir algum documento.

Em nosso blog, há um artigo completo sobre vacinas para viagens. Em termos gerais, basta tomar a vacina em seu centro de saúde local e emitir o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) através do site da Anvisa. O certificado de vacinação contra COVID-19 pode ser obtido via aplicativo ConnectSUS.

Além disso, durante essa fase de pandemia, alguns países também estão exigindo testes rápidos ou PCR, mesmo para viajantes já vacinados. Além disso, alguns países também estão solicitando um formulário de rastreamento que deve ser preenchido antes do embarque, incluindo informações sobre sua estadia, duração da visita, data de chegada, entre outros detalhes.

É essencial verificar todas as exigências de entrada e retorno ao seu destino. Já testemunhei várias pessoas sendo impedidas de embarcar, tanto na ida quanto na volta para seus países de origem, devido à falta de certificados, testes ou formulários completos (sim, vi isso acontecer mais de uma vez).

3. Trocar dinheiro / Cartão débito / Aviso do cartão de crédito

Quantos euros preciso levar para poder entrar na França? Se você já tem uma data marcada ou está planejando uma viagem para a França, provavelmente se perguntou: quantos euros são necessários para entrar no país?

Na semana que antecede minha viagem, geralmente faço preparativos financeiros importantes. Costumo trocar dinheiro e, se meu cartão pré-pago estiver expirado, contrato um novo. Prefiro usar o serviço da Confidence Câmbio, especialmente o Cash Passport, que suporta até seis moedas internacionais diferentes. Embora eu use principalmente para acumular milhas, é reconfortante ter uma opção de segurança à mão.

Para moedas menos comuns, é crucial encomendar o dinheiro em espécie com antecedência. Na última vez, fiz um pedido de dólares australianos na terça à tarde e já estavam disponíveis na quarta à noite.

Aconselho trocar dinheiro próximo à viagem apenas se a moeda não sofrer grandes flutuações ao longo do ano; caso contrário, não perca a oportunidade de comprar quando a taxa de câmbio estiver favorável.

Se você planeja usar seu cartão de crédito, não se esqueça de avisar seu banco sobre sua viagem. Isso garante que eles estejam cientes do uso internacional do cartão, evitando bloqueios por suspeita de fraude. O aviso pode ser feito online em apenas alguns minutos.

4. Criar um documento online com todas as informações da viagem

Criar um documento online com todas as informações da viagem

Uma prática recomendável é criar um documento online contendo todas as informações essenciais da sua viagem, acessível à sua família. Isso inclui detalhes como nomes de hotéis, endereços, datas de passagens e fotos dos documentos importantes.

Este documento proporciona segurança, garantindo que, se você não entrar em contato, alguém saiba onde você deveria estar. Além disso, tranquiliza quem fica em casa – minha mãe sempre agradece quando envio o convite para acessar o documento.

Eu sugiro utilizar o Google Drive por ser uma plataforma online que permite edição de qualquer lugar. É fácil conceder acesso a outros usuários, inserir imagens e imprimir o documento, se necessário. Destaco a importância de incluir fotos dos seus documentos, pois isso facilita a reposição em caso de perda ou roubo.

5. Backup do celular e fotos da câmera / esvaziar cartões de memória

E se algo acontecer com o seu celular e você perder não apenas as fotos da viagem, mas também todas aquelas que você já tinha? Ou pior ainda, receber aquela mensagem de “memória insuficiente” bem no meio de um passeio incrível?

Para evitar esses contratempos, é essencial fazer backup do seu celular e do cartão de memória da sua câmera, além de liberar espaço nos dispositivos! Se você adora tirar muitas fotos, é uma boa ideia levar um HD externo para transferir os arquivos e esvaziar os dispositivos durante a viagem.

6. Comprar lanches para o voo

Comprar lanches para o voo

Acho voar tedioso, desconfortável e, mesmo seguindo toda a minha rotina e dicas, bastante entediante. Mas o pior é quando a comida servida a bordo não é suficiente (ou, às vezes, nem é boa), e acabo ficando com fome sem querer pagar preços exorbitantes por mais comida.

Por isso, sempre incluo na minha lista pré-embarque uma parada no supermercado para comprar lanchinhos! Minhas escolhas favoritas são barras de cereais naturais, e também levo chocolates porque todos precisamos de um agrado para aguentar tantas horas de voo, hehe.

É importante lembrar: muitas pessoas têm alergia severa a amendoim e produtos similares. Portanto, sempre que possível, prefiro lanches que não contenham esses alérgenos. Já vi casos em que o piloto precisou anunciar que um passageiro correria risco de vida se alguém consumisse algo com amendoim, devido à gravidade da alergia. Não custa nada escolher um lanche sem frutos secos, não é mesmo?

7. Imprimir documentos importantes / passagens / seguro / visto

Eu prefiro utilizar eletrônicos e considero imprimir quase tudo um desperdício de papel. No entanto, ao viajar para certos países, a imigração geralmente exige documentos como passagem de volta, seguro viagem e comprovação de hospedagem, os quais não podem ser apresentados via celular.

Por isso, é importante levar todos os documentos necessários para comprovar sua entrada legal no país e sua intenção de sair antes do prazo do visto expirar. Ter esses documentos à mão também facilita o preenchimento dos formulários de imigração, nos quais são solicitadas informações como endereço de estadia, duração da estadia e motivo da viagem.

Dica adicional: leve uma caneta para preencher eventuais formulários exigidos pelo país de destino.

8. Comprar remédios

Ficar doente em casa já é complicado, imagine em outro país onde você não conhece os medicamentos disponíveis ou onde algumas drogas são vendidas apenas com receita médica? Não corra o risco e leve seus remédios do Brasil!

Eu costumo levar relaxantes musculares, analgésicos para dor de cabeça, medicamentos para cólicas e enjoo. Quanto às vitaminas, só levo se já tiver em casa, pois costumam ser mais baratas no exterior. É importante verificar se os princípios ativos dos seus medicamentos são permitidos no país que você vai visitar. Se você usa medicamentos controlados, leve a receita médica e, de preferência, uma tradução para a língua oficial do destino.

E você, tem alguma lista ou dica para preparar uma semana antes de uma viagem internacional? É bem diferente da minha? Compartilhe nos comentários! 🙂

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso de cookies do WordPress by Real Cookie Banner